Cefaleia e Enxaqueca: Exercício

A Relação Entre Exercício e Cefaleia e Enxaqueca

A relação entre exercício e cefaleia e enxaqueca é quixotesca. A ciência diz que o exercício, promovendo a liberação regular de endorfinas, os controladores naturais da dor do corpo, deve ajudar a aliviar a frequência e a gravidade das cefaleias e enxaquecas. Muitos sofredores afirmam o oposto, que os seus ataques são desencadeados pelo esforço físico. Quem está certo?

A resposta aos exercícios é contraditória

 

Como muitos outros aspectos da cefaleia e enxaqueca, a resposta é contraditória, porque ambos os grupos estão corretos. Exercício extenuante pode causar enxaqueca em pessoas que são propensas a elas. O exercício regular pode reduzir a frequência e a gravidade das enxaquecas, bem como aumentar a saúde geral e o bem-estar.

O exercício regular

 

O exercício regular reduz o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como níveis elevados de colesterol e de pressão sanguínea elevada. Ele também ajuda a melhorar os padrões do sono e alivia o stress. Todos eles, aspectos que podem afetar sutilmente a probabilidade de enxaquecas.

Alguns casos de pacientes de enxaqueca

 

Pacientes de cefaleia e enxaqueca que desistiram de fazer exercício por suspeitarem de ser um gatilho para a sua dor de cabeça devem tentar novamente. Gatilhos comuns da enxaqueca em exercício são coisas como:

  • Não comer corretamente antes do exercício causando com isso uma dramática queda do açúcar no sangue
  • Não tomar líquido o suficiente e causar uma desidratação durante o exercício
  • Iniciar um novo plano alimentar e um novo plano de exercício ao mesmo tempo
  • Exercícios extenuantes sem um aquecimento adequado

Identificando gatilhos relacionados ao esforço

 

Para identificar os gatilhos da enxaqueca relacionados ao esforço, deve se manter um registo do exercício. Ela deve incluir informações específicas:

  • Hora do dia no exercício
  • A última refeição antes do treino
  • A ingestão de líquidos
  • Detalhes de medicação
  • A dor de cabeça ocorreu ou não, durante ou após o treino

Qual o melhor tipo de exercício para enxaqueca

 

O melhor tipo de exercício para pacientes com enxaqueca regular, é o exercício aeróbio moderado, por pelo menos 30 minutos três vezes por semana. Atividades recomendadas incluem:

  • Poder caminhar
  • Jogging
  • Ciclismo
  • Natação
  • Dança

Qualquer novo plano de exercícios precisa de pelo menos seis semanas para descobrir se ele tem um efeito benéfico sobre a enxaqueca.

Por hoje, era isso. Encontramo-nos em um próximo post. Lembrando que você deve sempre consultar seu médico antes de tomar a iniciativa de fazer qualquer coisa relacionada à sua saúde. Todo o conteúdo deste blog, bem como o nosso e-book “Cefaleia e Enxaqueca – Dicas e conselhos para um tratamento natural” tem apenas caráter informativo.

Até o nosso próximo encontro!

Richard Sdef

Ebook: Cefaleia & Enxaqueca - Dicas e conselhos para um tratamento natural


Benchmark Email
Powered by Benchmark Email
Categoria: Tratamento
Tag: como identificar os gatilhos da enxaqueca, exercícios para pacientes com enxaqueca regular, gatilhos para cefaleia e enxaqueca, relação entre exercício e cefaleia, relação entre exercício e enxaqueca